sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Viagem ... viagem.

Marca às 16 pra sair às 17. Estacionamento da Rodoviária.

Parece ter muita gente, será que cabem todos, quem chega vai marcando lugar.

A galera já esta aquecendo, ou refrescando-se, cerveja, vinho gelado e aquela Cachaça.

As meninas marcam presença, afinal nas bandas só tem garoto, o que é uma pena, aquela garota sabe tudo de Baixo!


Cadê o Gustavo- foi tocar com os emo, vai de carro pra lá.

Precisa passar na casa do Marcelo, pegar equipamento.

Ônibus ligado, o Natan está chegando, lotação máxima, 2 no corredor. Volta pela cidade para chegar nos equipamento.


A garota loira, pouca idade, bastante altura, namorada do Gustavo, começa a beber aquele vinho muito tinto, lembra aqueles chicles que deixam a língua colorida.

-coloca um pouco dessa Sagatiba ai vai...


Passamos pegamos tudo e todos, agora é estrada,

17:30 hrs, 30 minutos de estrada, a Larissa já mandou uma garrafa daquela tintura com cachaça, esta passando mal ... os amigos dão uma força,

mas como disse o Gui, se fosse o rapaz aqui com cara de macaco manco sem teta, ninguém daria tanta atenção.

prima do Todhy, precisa de um chocolate, açúcar no sangue, que tal uma água tônica.


A Lolly tirou folga da maquina, deixa pra gente brincar um pouco.


E agora, este ônibus não tem banheiro!!! caraca... as meninas entoam um coro “Banheirooo” “Banheiiiiiiroooo”.

– vamos parar no próximo posto... alivio geral.

No próximo oficio coloca lá –tem que ter banheiro!

Alguém pergunta –ta perto? –nem começamos a viagem, são quase 3 hrs de estrada.

Passaram-se apenas 40 minutos.


O Guilherme bem que podia ser comediante, muitos anos de excursões e tal, não me recordo de dar tanta risada numa empreitada dessas.

O Bruno parece aquele filme “O medico e o monstro”, não fala nada na viagem, mas no palco se transforma. Na Gant’z é assim mesmo, a turma é sossegada, exceto o Ariel ...

O Felipe veio meio empresário do Overnight, camisa verde e tal.


E no meio de toda essa curtição, as coisas vão se ajeitando, surgem 2 casais ficantes no caminho... um deles é uma grata surpresa e satisfação !!!


Chegamos em Itararé, cadê o bar? -pará ai e pergunta. -é fácil, fácil... opa, mas está fechado ainda -é cedo, 20 horas.

-Vamos explorar a cidade, enquanto não abre

-e o pessoal vai ter que passar o som ainda.

Depois de 20 minutos, chegamos ao centro da cidade,

-vamos comer umas pizzas

-mas tem que pegar e sair comendo.

Andando, já faz a digestão no caminho pra poder agitar no som.


22:00 hrs o som vai começar. Tem festa de peão, a cidade está toda lá!

ainda bem que viemos de micro ônibus, quase lotamos o bar.


Vamos curtir o som da Overnight.

Caras animados mandam bem o som e a galera também agita como sempre.

Bons covers, musicas próprias, personalidade... e aquela do Michael, pra não esquecer.

Não esta saindo bem a voz, mas o Cafundó teve uma boa idéia e resolveu a questão.

E a loira ressuscitou depois de dormir toda metade final da viagem, parece que não aconteceu nada. Esta inteira e viva novamente...

A Lolly quase dança um funk e a Suzy tá querendo se acabar.

Chama o Gant’z, vamos fazer aquele cover, todos juntos no palco, Anthrax e Public Enemy, coragem.


Agora é a vez da Gant’z, passa o som logo ai

-queremos musica!

Sons mais pesados, os garotos emendam Sympton of the Universe com musica própria, boa sacada, duas ótimas musicas juntas...


Quase meia-noite, chega ao palco o cara do bar, com cara de decepção

-a policia apareceu ai, tem que parar o som.

-Não vai nem tocar o Angels Holocaust?!?

-Caramba, depois de toda essa viagem!!!

não tem problema, curtimos tudo, pena que o som não foi completo. A juventude compensa, com força e alegria.


Na volta, aquele rapaz que parece que nem veio, surgiu e nos brindou com varias sacadas sacanas e sujas, para novamente a galera cair na risada intensa e verdadeira, né Tim...

8 comentários:

NaTaN disse...

muito booom..foi assim mesmo
vlw luiz...em breve mais viagens dessa pra gente dar risada
aah o blog tá show meeu
essa musica da favela é muito boa

abraaaço

josé arimatheia disse...

Snif! Ô Luiz, cê parece que tava contando uma daquelas viagens de ônibus pros shows nos idos de 90 e tralálá. Eita!

flori disse...

Muito bom seus comentarios a respeito da viagem...pena eu não poder ter ido teria parte nela tb....oportunidades não vão faltar....

Lolly disse...

HUAUHAHUSHUAHUS QUE MASSA, nem eu lembrava que eu quase dançei fink, husauhuhasuhas, viagem foda, queria que nunca mais acabasse , snif! *---------*

A.S. Custom disse...

que viagem em Luiz?!
seu blog ficou bom cara!

parabéns
tive a sensação de estar numa dessas poltronas desse busão anti-urina, ae muito bem descrito, mas nada como estar presente....

toddy disse...

Cara !!! fantástico !!! Eu me lembro de tudo com claresa inclusive da jornada atras da farmacia !!!
Dia inesquecivel, com pessoas inesqueciveis !!!
Muito bom !!!
Valew Luizão !!!!

Laura disse...

ritmo
ritmo
ritmo
vida
que nunca segue o mesmo
ritmo
mas volta compassada
ao ritmo intenso
do dia a dia
na lembrança
do ritmo

suzy disse...

putz...a sagatiba que o luiz levou salvou a viagem...pq se eu ficasse só no vinho....putz....ia ser fod*....fora que na volta eu lembrei dos lanchinhos...sucos..biscoitinhos...salgadinhos.....acho que os meninos gostaram da ideia de dividir o pão.....foi do caralh*...o que foi triste foi a chegada dos coxinhas....